Choro localizado

dezembro 8, 2008

Tive uma crise de depressão há muito tempo atrás. Todas as vezes que eu entrava no meu possante Fiat 147 e dava a partida, começava, descontroladamente, a chorar, sem nem mesmo saber exatamente o por quê. O choro convulsivo parava repentinamente quando eu chegava ao destino. Choro amestrado eu diria… Mas foi justamente nesse período catártico que percebi uma vantagem da torrente de lágrimas. Chorando no carro, NINGUÉM te para pedindo dinheiro em farol. Nem pedem para comprar nada, nem mesmo tentam te assaltar. Eles passam, te olham e, como se você nem estivesse lá, vão correndo para o carro de trás. Podem ir por mim, façam o teste e chorem um pouquinho no próximo farol e vocês se livrarão de vendedores, pedintes e limpadores de vidros… Vocês só correrão o risco de, como um dia me aconteceu, juro, ser consolada por um vendedor de balas numa cadeira de rodas que, penalizado, pediu para eu não ficar tão triste assim…

Anúncios

4 Respostas to “Choro localizado”

  1. Priscilla Says:

    Querida vc esta cada dia escrevendo melhor, e não é puxando sardinha não.. verdade!

  2. martadedivitiis Says:

    Obrigada flor, mas você é suspeita! É minha amiga!
    Beijos

  3. denisemoura Says:

    é, sempre tem alguem pior que a gente :/

  4. martadedivitiis Says:

    E não é????


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: